A Sutil Arte de Ligar o Foda-se
Filosofia , Política , Psicologia , Saude , Teoria e Crítica / 15 de Janeiro de 2018

Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço. Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva – sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se. Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já…

O Sanatório
Ficção , Psicologia , Psiquiatria / 20 de dezembro de 2017

“O Sanatório” é uma história fictícia inspirada em fatos reais sobre o horror que ocorreu entre 1926 e 1961 no Sanatório de Waverly Hills, em Louisville, Kentucky. Os Estados Unidos passavam por uma grave epidemia de tuberculose, doença também conhecida popularmente como “Peste Branca”, na década de 1910. Waverly Hills foi construído para atender às vítimas da doença, mas, abrigando três vezes mais pacientes do que o limite permitido, um hospital maior foi construído ao lado, ficando pronto em 1926, com mais de 400 leitos disponíveis para suprir as vítimas da doença na época. Sem cura, o tratamento contra a tuberculose consistia em longos banhos de sol e muito repouso para os pacientes, o que era pouco efetivo. Estima-se que mais de 63.000 pessoas morreram em Waverly Hills ao longo dos seus 35 anos de funcionamento, sendo que somente 11.000 mortes foram comprovadas até hoje. O livro mistura ficção, lendas a respeito do local e histórias reais do Sanatório de Waverly Hills, hoje conhecido como um dos 10 lugares mais assustadores do mundo. A história é sobre Julie, uma ingênua enfermeira que vai trabalhar no Sanatório no outono de 1931. Ela presencia mistérios assustadores que assombram Waverly Hills e luta…

Compartilhe nosso site na sua Rede Social

Deixe seus amigos leitores saberem do nosso site.
close-link